Sindicato alerta profissionais e solicita ações de prevenção das empresas para enfrentamento da nova onda de contaminações pela Covid-19

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM) encaminhou no último dia 13/01, ofício alertando empresas e profissionais sobre o cumprimento das medidas de proteção à saude nos locais de trabalho.

Em consequência do crescente número  de contaminações da população pela variante Ômicrom da Covid-19, o SJP/AM alerta a categoria para manter os protocolos sanitários e exigir das empresas, o cumprimento das medidas de segurança e prevenção dos órgãos de Saúde pública, impostas  pela pandemia, em toda a rotina de trabalho, sejam nas redações ou nas saídas externas para cobertura jornalística.

Empresas

As empresas devem oferecer espaço arejado, com distanciamento entre os profissionais, além de máscaras, álcool em gel e testagem dos empregados contratados que apresentarem sintomas ou tiverem contato com pessoas contaminadas no ambiente de trabalho.

A evolução do quadro de contaminações, hospitalização e mortes pela Covid-19 no Amazonas e no Brasil obriga que se considere o retorno ao trabalho remoto, na medida do necessário, de maneira a não repetir a ocorrência de surtos de Covid-19 nas redações de jornais, tevês e portais de notícias  verificados nos anos anteriores no país. 

“Uma nova onda da Covid-19 causada pela variante Ômicron não deve ser ignorada para que medidas preventivas sejam adotadas pelas empresas de comunicação, portais e blogs de notícias”, afirma o jornalista Wilson Reis, presidente do SJP/AM.

Manaus, Am, 20 de janeiro de 2022.

Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas – SJP/AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.