gototopgototop
 
 
 
Terça-Feira, 14 de Julho de 2020
 
 
Notícias
Campanha Salve a Sede da FENAJ / SEGUNDA FASE | Imprimir |  E-mail
Ter, 13 de Novembro de 2018 20:15

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) está em campanha de arrecadação de recursos para manter sua sede em Brasília. O imóvel foi penhorado pela justiça do Distrito Federal, em função de dívida tributária junto à Terracap.

O pagamento do débito é relativo ao Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) de um terreno concedido à Federação, nos anos de 1980, que nunca foi utilizado pela FENAJ. Após suspensão da ação judicial, por meio de acordo, o débito de R$ 400 mil foi negociado com o Governo do Distrito Federal no qual a FENAJ terá de honrar o compromisso em 48 parcelas.

Além da dívida com a Terracap/DF e de multas sentenciadas pela Justiça, a Federação Nacional dos Jornalistas se encontra em uma situação financeira bastante delicada, resultado da contrarreforma trabalhista, aprovada pelo Congresso Nacional em novembro de 2017, que acabou com a obrigatoriedade de recolhimento do Imposto Sindical por parte dos trabalhadores. O imposto sindical era a principal e maior receita da Federação.

A campanha busca apoio financeiro junto à categoria e à sociedade para que a FENAJ não feche as portas de sua sede, em Brasília, o que dificultaria o trabalho de defesa do Jornalismo e dos jornalistas, das liberdades de expressão e de imprensa e da democracia no Brasil. Contribua!

Você pode doar a partir de R$ 10,00. Veja como:

DIRETO NA CONTA CORRENTE (a partir de R$ 10,00)
Federação Nacional dos Jornalistas
CNPJ: 34.078.576/0001-93
Caixa Econômica Federal
Agência: 0006
Operação: 03
Conta Corrente: 050141-4

PELA VAKINHA ONLINE (a partir de R$ 25,00)
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/salve-a-sede-da-fenaj

 
Salve a sede da Fenaj | Imprimir |  E-mail
Qui, 01 de Novembro de 2018 10:38

Entidade máxima dos jornalistas brasileiros pode perder sua sede por falta de recursos, por isso, lança hoje campanha de arrecadação.

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) lança, nesta quarta-feira (31/10), uma campanha de arrecadação de recursos para manter sua sede em Brasília. O imóvel foi penhorado pela justiça do Distrito Federal, em função de dívida tributária junto à Terracap.

O pagamento do débito é relativo ao Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) de um terreno concedido à Federação, nos anos de 1980, que nunca foi utilizado pela FENAJ.

Após suspensão da ação judicial, por meio de acordo, o débito de R$ 400 mil foi negociado com o Governo do Distrito Federal no qual a FENAJ terá de honrar o compromisso em 48 parcelas.

"Além da dívida com a Terracap/DF e de multas sentenciadas pela Justiça, é de conhecimento dos diretores e dos 31 sindicatos filiados que a Federação Nacional dos Jornalistas se encontra em uma situação financeira bastante delicada, resultado da contrarreforma trabalhista, aprovada pelo Congresso Nacional em novembro de 2017, que acabou com a obrigatoriedade de recolhimento do Imposto Sindical por parte dos trabalhadores, sendo essa a principal e maior receita da Federação. Soma-se ainda a falta de regularidade nos repasses das mensalidades dos sindicatos filiados, responsáveis pela manutenção de sua entidade máxima", explica a presidenta da FENAJ, Maria José Braga.

Fases da campanha

A campanha vai buscar apoio financeiro junto à categoria e à sociedade para não fechar as portas da sede da FENAJ em Brasília e não inviabilizar suas ações junto aos jornalistas brasileiros. A arrecadação de recursos dividida em duas etapas: lançamento da campanha “Salve a sede da FENAJ”, com peças publicitárias para sensibilização nas redes sociais da Federação, dos 31 Sindicatos de Jornalistas do país e também dos dirigentes.

Na segunda fase, serão divulgadas as formas de arrecadação de recursos. As contribuições poderão ser realizadas através de depósito na conta da FENAJ, campanha Vaquinha Virtual e a “Lojinha Virtual” no site oficial da FENAJ.

"Contamos com o engajamento de todos os sindicatos filiados à Federação. É preciso que a campanha chegue a cada jornalista filiado e também à parcela da categoria não filiada, assim como às entidades sindicais parceiras, instituições, pessoas físicas e jurídicas. A FENAJ está precisando do compromisso de todos os jornalistas brasileiros, para continuar a defender o Jornalismo e os/as jornalistas. Por isso, você profissional, sindicalizado ou não, familiar ou amigo de jornalista, colabore com essa causa. A categoria, agora mais do que nunca, precisa de uma entidade forte e deve se sentir responsável por esse fortalecimento”, diz a presidenta Maria José Braga.

 
SJP/AM integra ações de manutenção da praça Santos Dumont | Imprimir |  E-mail
Qua, 17 de Outubro de 2018 09:23

 

Leia mais...
 
Roda de conversa marca programação do Dia do Repórter Fotográfico | Imprimir |  E-mail
Qui, 30 de Agosto de 2018 15:10

Além de profissionais da imagem e amantes da fotografia, estão convidados também estudantes de Jornalismo, que terão direito a certificado com horas complementares. O documento será enviado por e-mail, conforme lista de presença assinada no evento.Os repórteres fotográficos Edmar Barros ( Futura Press), Bruno Kelly (Reuters), Sandro Pereira (Diário do Amazonas) ,Ione Moreno (Amazonas Em tempo) e Antonio Lima (A Crítica) são os convidados para a Roda de Conversa e vão compartilhar a experiência sobre a cobertura jornalística no Amazonas, grandes coberturas e cases históricos retratados pelos profissionais que comunicam através de imagens.
Em comemoração ao Dia do Repórter Fotográfico, celebrado no dia 2 de setembro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM) realiza uma roda de conversa sobre Fotojornalismo, mercado, bastidores, e desafios da profissão. O evento é gratuito e tem início às 16h, na sede da entidade – Praça Santos Dumont, nº 15, Centro.

 
SJP/AM apresenta realidade dos jornalistas à justiça trabalhista do Amazonas | Imprimir |  E-mail
Qua, 29 de Agosto de 2018 09:34

Em busca do fortalecimento das relações institucionais, a diretoria executiva do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM) reuniu-se com a Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT 11), Desembargadora Eleonora de Souza Saunier, no último dia 16 de agosto, na sede do órgão judiciário. Na ocasião, a presidente da entidade sindical, Auxiliadora Tupinambá, apresentou as propostas e linha de trabalho da gestão, bem como a realidade vivenciada pelos jornalistas no Estado do Amazonas.

“Atrasos salariais, descumprimento de direitos caros ao trabalhador, apropriação indevida de FGTS, INSS, entre outros, além de assédios cometidos contra o profissional são algumas das situações enfrentadas hoje pelos jornalistas. Sabemos que entre as várias frentes de luta, uma delas é a garantia de nossos direitos pactuados na Convenção Coletiva, que já está em negociação”, afirmou a presidente do SJP/AM, Auxiliadora Tupinambá.

A presidente destacou ainda a importância de esclarecer aos desembargadores o papel do jornalista na sociedade a fim de que possam compreender melhor a realidade vivenciada no Estado do Amazonas em caso de julgamento de ações relativas à profissão.

Um papel estratégico e importante na interlocução entre as organizações, agentes públicos, com a sociedade, sobre o qual a desembargadora que comanda a Justiça do Trabalho no Amazonas demonstrou ter a exata compreensão.

“Antes de assumir a presidência do TRT 11, eu não via muita importância no trabalho da Assessoria de Comunicação, mas pude compreender como este profissional é estratégico nas organizações, ajudando a fazer chegar à sociedade informações benéficas a ela mesma, além disso, possui efeito pedagógico e didático para muitos casos”, afirmou a desembargadora Eleonora de Souza Saunier, presidente do TRT 11.

Sobre a nova legislação trabalhista, pós-reforma, a presidente do TRT 11 afirmou ser ainda recente, com vários entendimentos a respeito. “O TST (Tribunal Superior do Trabalho) orientou quanto às questões principais, mas ainda não está completamente assentada as interpretações. A reforma tem aspectos positivos, mas em alguns casos, ela é nociva ao trabalhador”, afirmou.

No último dia 22, a direção do SJP/AM,  apresentou a realidade da categoria também ao vice-presidente do TRT 11, desembargador Jorge Álvaro Marques Guedes, responsável pela relatoria do último dissídio coletivo da categoria.

Fotos: Divugação TRT – 11ª região

https://www.flickr.com/photos/trt11/albums/72157699920690324

 
Curso aberto e gratuito | Imprimir |  E-mail
Qua, 11 de Julho de 2018 10:21

 

Leia mais...
 
Jornalistas profissionais ganham vagas reservadas no estacionamento do TRE-AM | Imprimir |  E-mail
Ter, 10 de Julho de 2018 13:20

 

Leia mais...
 
SJPAM denuncia salários atrasados em A Crítica e Amazonas Em Tempo na ALEAM | Imprimir |  E-mail
Ter, 19 de Junho de 2018 11:29

 

Leia mais...
 
EDITAL Nº 002/2018 DA COMISSÃO DE REPÓRTERES FOTOGRÁFICOS DO AMAZONAS | Imprimir |  E-mail
Qua, 06 de Junho de 2018 09:59

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO AMAZONAS – SJPAM

COMISSÃO DE REPÓRTERES FOTOGRÁFICOS DO AMAZONAS

EDITAL Nº 002/2018 – SJPAM

 

Leia mais...
 
Aberto concurso da National Geographic Traveler | Imprimir |  E-mail
Ter, 15 de Maio de 2018 14:33

 

 

Leia mais...
 
SJP/AM reivindica votação da PEC sobre o diploma ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia | Imprimir |  E-mail
Ter, 15 de Maio de 2018 14:12

 

 

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximo > Fim >>